Após mais de 10 dias, corpo de jovem é retirado de poço em Teresina

Segundo informações da polícia, o corpo já se encontrava em estado avançado de decomposição.

01/11/2022 17:01h

Compartilhar no

Jogado há mais de 10 dias em um poço no aterro sanitário de Teresina, o corpo de Alderlan Ferreira da Silva, de 27 anos, foi retirado do local pelo Corpo de Bombeiros na tarde desta terça-feira (01). Segundo informações da polícia, o corpo já se encontrava em estado avançado de decomposição. 

“A gente está há dias neste trabalho incansável e hoje conseguimos retirar o corpo depois de escavar várias camadas e tirar muito entulho”, explica o Tenente Linhares. De acordo com ele, além da profundidade, a maior dificuldade encontrada pelas equipes foi a quantidade de entulhos e obstáculos dentro do poço.

(Foto: Francisco Filho/ODIA TV)

Alderlan Ferreira da Silva estava desaparecido desde o dia 19 de outubro, quando saiu para uma festa na Vila Dagmar Maza, zona Sul de Teresina, e nunca mais voltou. Ele teria se envolvido em uma briga com um grupo de pessoas. 

O agente Lourival Neto destaca que a polícia já sabe quem são os envolvidos no crime. “Ele foi executado e aqui decretaram a sua morte imediata. Ele estava em uma festa e tudo indica que membros de uma facção suspeitaram que ele era alguém infiltrado, mas o rapaz não sabia de nada, era trabalhador. Agora iremos fazer o relatório, com certeza todos ele serão presos, já temos as pessoas identificadas”, disse.

O corpo do jovem foi retirado do poço pelo Corpo de Bombeiros um dia após a sua mãe, Dona Elisângela, fazer um apelo pedindo ajuda financeira para contratar uma empresa privada que fizesse o serviço. 

No momento, a polícia aguarda a chegada da Perícia Criminal e do Instituto Médico Legal (IML) para fazer a remoção do corpo. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no