Covid-19: março pode ter pico de óbitos no Piauí; Comitê de Saúde explica os motivos

Segundo as projeções, no final do mês de fevereiro haverá mais internações. Já no início do mês de março, é possível que haja mais óbitos pela doença

21/02/2022 15:41h - Atualizado em 21/02/2022 16:42h

Compartilhar no

Projeções do Comitê de Operações Emergenciais (COE) dão conta de que, atualmente, Teresina está vivendo um pico de casos da Covid-19. No final do mês de fevereiro, os dados indicam que haverá mais internações. Já no início do mês de março, é possível que haja mais óbitos pela doença. 


Leia também: Piauí pode desobrigar uso de máscara em algumas regiões após o Carnaval 

Projeções do Comitê de Saúde informam que haverá pico de óbitos no inicio do mês de março. (Foto: Divulgação/Sesapi)

Quem explica melhor é o professor Emídio Matos, que faz parte do Comitê de Operações Emergenciais (COE) e apresentou as projeções. “As internações sempre ocorrem após o pico de casos. Pela dinâmica da doença, a projeção é que em março teremos o pico de óbitos”, afirma.

Segundo o professor, desde o dia 7 de fevereiro, o número de casos de Covid-19 em Teresina vem caindo. Para ele, essa queda se dá tanto pelo decreto estadual publicado dia 1º deste mês que reforçou a proibição de festas de carnaval e aglomerações, quanto pelo próprio ciclo sazonal da doença, além do avanço na vacinação da população. 

Desde o dia 7 de fevereiro, a média móvel de casos vem caindo. (Foto: Reprodução/COE)

Entretanto, Emídio Matos destaca que a situação de casos não é uniforme em todo estado, que é dividido por território de saúde. “Felizmente em Teresina, no território entre rios, há uma queda de casos. Mas na Serra da Capivara, por exemplo, os casos vem subindo”, comenta. 

Na Serra da Capivara, a média móvel de casos vem crescendo expressivamente desde o dia 9 de fevereiro. (Foto: Reprodução/COE)

Carnaval

No último decreto do Estado, publicado no dia 1º de fevereiro, foi proibido a realização ou promoção de quaisquer festas que venham a causar aglomerações. A medida se deu com base nas recomendações do Comitê de Operações Emergenciais (COE) para conter o avanço da Covid-19 no Piauí. 


Veja mais: Carnaval 2022: confira o funcionamento do comércio, escolas, bancos e órgãos públicos 

Atualmente, um novo decreto estadual está sendo elaborado, onde será decidido se haverá ponto facultativo para três dias de carnaval. Em Teresina, a Prefeitura já havia anunciado que não haverá ponto facultativo durante o carnaval.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Edição: Adriana Magalhães

Deixe seu comentário