Caso Wana Sara: servidora é sepultada no Cemitério São José; enterro é restrito à família

O caixão chegou ao cemitério por volta das 8h40. Bastante comovidos, todos levaram flores e aguardam o momento do sepultamento.

07/02/2022 08:57h - Atualizado em 07/02/2022 10:03h

Compartilhar no

Familiares e amigos se reúnem, neste momento, no Cemitério São José, zona Norte de Teresina, para sepultar a servidora pública Wana Sara Cavalcante Henrique, que morreu após ter seu carro arrastado na última sexta-feira (04), durante a forte chuva que caiu na capital.


Leia também: Chuva em Teresina: carro é retirado de galeria na Zona Leste; veja vídeo


O caixão chegou ao cemitério por volta das 8h40. A família está muito emotiva e não quis conversar com a imprensa. Muitos amigos e familiares compareceram para prestar uma última homenagem à jovem. Bastante comovidos, todos levaram flores e aguardam o momento do sepultamento

(Foto: Assis Fernandes/ODIA TV)

Entenda o caso

Na última sexta-feira (04), durante o temporal que caiu em Teresina, o carro da servidora pública Wana Sara Cavalcante Henrique foi arrastado para dentro da galeria da zona Leste, na Rua Eustáquio Portela com a Avenida Homero Castelo Branco. O local está em obras e é conhecido por ser um ponto crítico, já que costuma alagar.

O veículo foi retirado da galeria na manhã do sábado (05), entretanto, o corpo da servidora não tinha sido encontrado. No mesmo dia, o Corpo de Bombeiros iniciou as buscas para localizar a jovem, mas o corpo só foi encontrado na manhã do domingo (06), na área do Parque Ambiental Floresta Fóssil, na zona Leste


Leia também:

Trecho da avenida Homero Castelo Branco é totalmente interditado
Em 12 horas, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros atenderam 16 ocorrências em Teresina


Segundo o delegado Paulo Gregório, titular do 5º Distrito Policial, destacou que a morte de Wana Sara será investigada e que algumas pessoas poderão ser ouvidas ao longo do caso. O inquérito deve apontar para morte acidental, entretanto, não é destacado que culpados possam surgir ao longo das investigações. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Com informações de Tony Silva, da ODIA TV